Faça diferente
13/05/2015
Ester: Conquistando a confiança e o amor do rei
14/05/2015

Marido, você tem cumprido seus votos?

Ei, marido. Você que um dia casou-se e diante do altar do Senhor e de testemunhas fez um pacto de amor, fidelidade e zelo em toda situação e por toda a vida com sua esposa.

Sendo você casado somente no civil, quanto você que casou no civil e no religioso. Este artigo é pra você, homem casado.
Quero que reflita hoje se tem cumprido com o prometeu.

Pode ser que tenha se casado já há tantos anos que já nem se lembra mais os motivos pelos quais te levaram ao matrimonio.

Por isso não quero que apenas leia este artigo, mas analise e se preciso for, faça até uma pausa na leitura a fim de procurar dentro de si mesmo respostas.

O que te levou ao altar podem ter sido vários motivos. Talvez mais de um até:

– por amor;
– a moça estava gravida;
– todo mundo estava casando e você não quis ficar pra traz e ser debochado pelos amigos.
– pra ter sexo sempre disponível.
– pra não ficar sozinho.
– por interesses financeiros, etc.

Muitos podem ter sido os motivos. E estes, podem ter sido dos melhores ou não.

Não importa! A verdade é que empenhou tua palavra nisto e nisto deve conservar-te.

Será que esqueceu do votos que fez?
Ou seja que tem fingido que esqueceu?
Ou ainda, será que diante de tudo o que já aconteceu entre sua esposa e você, se sente no direito de não os cumprir mais?

Mesmo que faça muito tempo que os tenha feito, ele continuam validos!
Enquanto houver vida estes votos mantem-se, ou deveriam.

Procure se lembrar de como se sentia quando namorava sua esposa, como se sentia quando estava perto dela.
Lembre-se da decisão de homem que tomou, assumindo a responsabilidade de cuidar dessa mulher, amar, ser fiel e proteger por toda a vida.

Será que tem cumprido com excelência seu papel de marido?
Em que pontos precisa melhorar ou até mudar?

Talvez precise sentar com sua esposa e francamente conversar com ela, já que há tanto tempo não o faz.
Talvez seja preciso pedir perdão.

Eu sei que as esposas também tem coisas a melhorar, e insisto frequentemente com elas nisto, mas hoje estou falando com você que é marido. Então não fique pensando: E ela?

Você não precisa melhorar só se ela melhorar, não precisa condicionar sua melhora como marido a melhora dela como esposa.

Você pode ser aquele que decide por um fim a guerra que talvez tenha se instalado no seu casamento.
Pode dar o primeiro passo para o fim do esfriamento conjugal e da distancia que criaram entre vocês.

Normalmente a mulher é a primeira a procurar ajuda e mudança, mas isso não quer dizer que isto não possa começar por você.

Você é o marido, o cabeça, o líder. Ou deveria ser.
Muitos homens tem negligenciado seu papel como marido, como pai, e as mulheres acabam, tomando a responsabilidade para si.

Mesmo que sua esposa esteja com o coração endurecido pra você neste momento, e tenha chegado ao limite de dizer que não se importa, que não precisa de você, tenha certeza de que ela precisa, sim.
Marido, seja o que sua esposa precisa. Aquilo que prometeu no dia do casamento. Seja um marido melhor.

Mudança não acontece de um dia para o outro num passe de mágica, é preciso contínuo esforço e dedicação. Persistência!

Por de ser e é quase certeza que ela não acredite na sua mudança no início, mas se você insistir em um novo comportamento, dia a dia, melhorando e mostrando isso em pratica e não só em palavras, buscando a ajuda de Deus, as coisas por certo mudaram e seu casamento voltará a florescer.

Entenda que seu casamento precisa de você. Sua esposa precisa de você. Precisa que cumpra com o prometeu. Afinal, você é homem ou não?

Até mais.

PS: Toda quinta feira tem um artigo específico pra você homem aqui no blog.

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mamãe da Lisinha. Formada em Gestão de Recursos Humanos. Uma amante da arte, da linguagem e da educação. Ao lado de meu marido pastoreamos a Igreja Ágape Sede, onde atuo como líder do Ministério Adorai e Ministério infantil. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *