Como organizar os compromissos
11/03/2015
Sarai: Um novo nome e a promessa cumprida
12/03/2015

Homem inteligente, foi criança que brincou na rua

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje traremos um tema muito legal.

Quem nunca brincou na rua? A resposta negativa para essa pergunta parece crescer rapidamente.

Na geração atual, em cada casa nós encontraremos pelo menos uma criança que nunca brincou na rua, nunca tomou banho de chuva e nunca se sujou na terra.

Mas o que isso afeta no futuro de uma criança?

Muito! Tenho encontrado crianças que nunca brincaram de esconde-esconde, mas sabem navegar em todas as redes sociais.

Crianças que acabam virando uma pessoa socialmente virtual, ou seja, só sabe se comunicar através de uma tela.

Quando éramos crianças, usávamos a imaginação e a criatividade, pensávamos para poder conseguir o melhor esconderijo para que o colega não nos achasse.

Hoje a criança tem tudo muito fácil e acaba não usando a cabeça. Qual criança será melhor no futuro?

Uma criança que vive brincando com os colegas, ou uma criança que passa horas e horas com acesso livre a tudo que se passa por meio das telinha?

Quero dizer aos homens de plantão, para os que são pais e os que não são. Ensinem às crianças, brincadeiras de crianças. Talvez a sua desculpa seja:

-Não posso deixar meu filho ou irmão brincar na rua por conta da violência.

Mas a maior violência que podemos causar em uma criança é deixar ela 24h na frente de um computador, celular ou televisão.

Hoje, temos inúmeros acessos a parques e a locais que podemos exercer boas atividades. Utilize o seu tempo vago, chame as crianças e mostre para elas como verdadeiramente se brinca.

Se um dia você já brincou, então sabe muito bem como ensinar, passe isso adiante.

Não deixe que a geração de hoje, deixe de desfrutar de todas as coisas boas que nós tivemos oportunidade e que nos fez tão bem.

Que nossas crianças desfrutem de brincadeiras sadias, que desenvolvem a mente e desfrutem de boas companhias.

Por que é verdadeiro o versículo que diz:

“Não se deixem enganar: “As más companhias corrompem os bons costumes.”
1 Coríntios 15.33

Forte abraço

Jarlan Maximino

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *