Rute – Boca para abençoar
10/03/2016
Porque não tivemos post ontem?
15/03/2016

Imagina a seguinte cena comigo, você decide que vai à igreja hoje, se organiza pra dar conta das tarefas do dia e de terminar cedo, se arruma e vai a igreja com o intuito de adorar a Deus e de ouvir a voz do Senhor.

Quando chega lá, leva um susto, as meninas da igreja estão com roupas tão curtas que você se pergunta se errou de endereço e está numa boate.

Parece exagerado? Mas não é!

É assustador o que tenho visto nos últimos anos nas igrejas. Saias cada vez mais curtas, decotes cada vez mais profundos, ou calças tão apertadas que você se pergunta como a garota está conseguindo respirar.

Em muitos dos casos não estamos falando de garotas que estão chegando a igreja, estamos falando de filhas de pastores, de integrantes de ministério de louvor, e até de obreiras, de garotas e mulheres que estão anos a fio dentro da casa do Senhor, mas que carregam consigo a vaidade exacerbada desse mundo.

Que deixam entrar em seus guarda roupas as peças da moda que diz que “o que é bonito é pra se mostrar”.

E que quando alguém as repreende elas se desculpam dizendo que é só isso o que se acha nas lojas pra comprar… Conversa!

Nossas meninas, deveriam se ver como princesas, estão se expondo como apenas mais uma garota fácil, que apenas vai à igreja.

Que chegam a deixar irmãos desconcertados, porque eles foram ali pra adorar a Deus, mas tem tantas distrações dentro da igreja que fica no ar quantos conseguem não pecar.

Vejo meninas que não sabem abaixar pra pegar algo que caiu no chão sem chamar uma atenção descabida. Se abaixam e pode ser ver tudo. Quanta calcinha eu já vi na igreja… É absurdo!

E vou dizer como me sinto diante disso, me sinto triste, e ao mesmo tempo envergonhada. Quantas vezes convidamos alguém pra visitar a igreja e depois nem sabemos como nos desculpar por tantas cenas inconvenientes!

Nossas roupas curtas têm envergonhado o evangelho de Cristo. Pregamos algo com a nossa boca, mas não agimos de acordo. Dizemos que somos livres em Cristo, mas nos fazemos escravas da moda.

É muito triste ver como as nossas meninas e até como as mulheres que tem tanto valor, se dão tão pouco valor.

Meninas que querem encontrar um rapaz que a valorize, mas ela mesma permite entrar no seu guarda roupa, peças que falam tão mal sobre ela.

O que Cristo pensa a respeito destas coisas?

Será que Ele se alegra em ver as pessoas que Ele comprou com alto preço se expõem com mais uma na multidão dos que não O conhecem?

Que diferença tem havido entre nós e os que não conhecem a Deus?

Que avaliemos nossa conduta, nosso guarda roupa e as nossas intenções ao usá-las. E nos despojemos do velho homem e nos vistamos de um homem que segundo Deus é criado em santidade.

“Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
E vos renoveis no espírito da vossa mente;
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.”
Efésio 4.22-24

“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;” Hebreus 12.14

Se somos nova criatura, isso precisa ser notado em nossas ações, nossas palavras e até no nosso guarda roupa.

Se sou filha de Deus, então sou filha do Rei dos reis, logo, sou princesa. Se sou princesa, preciso agir de acordo. O mesmo vale pra você.

Que não entristeçamos ao Senhor, nem sejamos motivo de escândalo aos nossos irmãos. Antes, sejamos fonte de inspiração, admiração, alegria e honra.

Até mais, princesas.


Siga-me nas redes sociais

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

2 Comments

  1. Jessica de Souza Paschoal Oliveira disse:

    Gostei do post, realmente isso tem acontecido muito em nossas igrejas, deve se sempre reforçar um estudo de como se vestir na igreja ter respeito pq é a casa de Deus.

    • Denise Angeli disse:

      Olá Jessica, tudo bem?
      É querida, o que tem acontecido nas igrejas tem me entristecido muito. Imagino como fica o coração de Deus.
      Nós somos templo do Espírito Santo, precisamos viver em santidade. E santidade nada mais é que ser separado.
      Por mais que a gente viva nesse mundo, não podemos permitir que os valores deste mundo nos contamine, porque de nada adianta estar dentro da igreja, mas se comportando como alguém que não conhece a Deus.
      Há quem diga que Deus só quer o coração, mas Deus nos quer por completo. E Ele não aceita nos dividir. Ou somos Dele ou não.
      Que oremos em favor das nossas meninas. Que aprendamos o quanto somos valiosas e passemos a agir como quem sabe.
      Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *