Pós-operatório
06/04/2016
Não tenho o dom
12/04/2016

Todas passamos por momentos de provações na vida. Cada pessoa nesse mundo, independente da situação financeira, do status, do tom de pele ou do nível de estudo, passa por fases de provações.

Como a palavra mesmo diz, provação não é algo fácil, não é como dar algo que não presta ou que pouco nos custe, até porque não seria provação.

Às vezes olhamos pra nossa vida e parece que somos as únicas no planeta a passar por tantos problemas ou ter dilemas tão grandes pra resolver, mas pode ter certeza que não é bem assim. Pode até parecer que a vida das outras pessoas seja perfeita, mas garanto que só parece.

Não sei por que, mas muita gente sempre acha que a grama do vizinho é mais verde, e pode até ser que seja mesmo, mas pode ter certeza que é porque o vizinho tem trabalhado bastante pra ter esse resultado.

Conto por experiência própria, já ouvi inúmeras vezes as pessoas falarem que minha vida é perfeita, e eu acho engraçado ouvir isso.

Mas talvez minha vida pareça mesmo ser perfeita, afinal, invisto muito em mim, no meu casamento, na minha casa e em tudo o que escolhi pra minha vida, mas isso não quer dizer que eu não seja de carne e osso, que não tenha meus dias de tristeza, de dores, e de provações.

Talvez seja este mais um motivo pelo qual as pessoas me acham perfeita, as pessoas não me veem reclamando ou contando problemas, sou do tipo que escolhe sorrir e acha graça até quando não há muito motivo.

Sei que meus problemas estão nas mãos de Deus, pois já os entreguei ao Senhor, e somente Ele pode realizar o que eu não posso, então de quê valeria ficar espalhando ou me lamuriando pelos problemas.

Abraão foi um homem que passou também por provações. Ele recebeu a promessa de Deus de que Ele seria pai de nações, mas ele já era velho, sua esposa também e ela ainda era estéril. Ainda assim Abraão creu na promessa e muito tempo depois a viu se concretizar.

Teve um filho, que pôs o nome de Isaque. Isaque era a concretização de um sonho tão almejado, a concretização visível da promessa de Deus cumprida.

Mas houve um momento em que Abraão foi provado exatamente no ponto que mais tinha aguardado. Veja só o que a Bíblia registra sobre este momento:

“Depois destas coisas, pôs Deus Abraão à prova e lhe disse: Abraão! Este lhe respondeu: Eis-me aqui!
Acrescentou Deus: Toma teu filho, teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; oferece-o ali em holocausto, sobre um dos montes, que eu te mostrarei.”
Gênesis 22.1 e 2

Percebe que provação? Que grande teste!

Abraão havia aguardado por tanto tempo a promessa de ter um filho pelo qual seria uma grande nação, e agora Deus dizia que este filho deveria ser sacrificado num altar ao Senhor.

Lendo o texto não vemos Abraão reclamando ou questionando a Deus, pelo contrário, a Bíblia afirma que ele depressa atendeu.

Ainda era madrugada quando ele se levantou, tomou seu filho, levou dois servos e tudo o que precisaria pra realizar a ordem de Deus, como lenha, fogo, cutelo e saiu para obedecer. Deus disse que mostraria onde deveria sacrificar seu filho.

A caminhada se deu por três dias, e imagino que tenham sido dias de despedida pra Abraão. Imagino Abraão andando e olhando para o filho sabendo que era a última vez que o via com vida.

Em momento algum vemos Abraão cogitando desobedecer a ordem de Deus. Ainda que isso lhe custasse tanto, ele preferiu obedecer e confiar que um bom motivo Deus tinha pra tal pedido.

Quando ele avistou o local indicado por Deus, ele pediu que os seus servos ficassem ali e que ele seguiria com seu filho.

Já chegando ao local indicado por Deus, Isaque perguntou ao pai sobre o sacrifício, Isaque percebeu que a lenha estava ali, o fogo também, mas onde estava o cordeiro para oferecer a Deus? Abraão apenas respondeu ao garoto dizendo que Deus iria prover.

Depois de preparar o altar e deixar tudo pronto para o sacrifício, ele amarrou o filho e o deitou no altar, em cima da lenha.

Imagina como Abraão se sentiu ao ver o filho daquele jeito e saber que ele mesmo teria de mata-lo. Agora imagina como Isaque se sentiu e o que passou na mente dele naqueles instantes.

Isaque poderia ter se debatido e tentado fugir, mas creio que ele entendia que isso era uma provação de Deus também para sua vida. E sendo isso uma ordem de Deus o aceitou, ainda que isso significasse o fim da sua vida.

Dois homens, pai e filho provados de forma extrema, mas obedientes ao extremo também.

No momento exato ao sacrifício veja o que aconteceu:

“e, estendendo a mão, tomou o cutelo para imolar o filho.
Mas do céu lhe bradou a Anjo do Senhor: Abraão, Abraão! Ele respondeu: Eis-me aqui!
Então, lhe disse: Não estendas a mão sobre o rapaz e nada lhe faças; pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho.
Tendo Abraão erguido os olhos, viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos, tomou Abraão o carneiro e o ofereceu em holocausto, em lugar de seu filho.” Gênesis 22.10-13

ALELUIA!
Abraão foi provado e APROVADO!

Ele poderia ter sido provado e reprovado se tivesse deixado seu lado paternal falar mais alto, se seu amor por seu filho fosse maior que seu amor por Deus.

Mas ele mostrou uma fé, obediência e amor por Deus extremamente maiores, capaz de dar qualquer coisa por amor ao Senhor.

Deus proveu o sacrifício e renovou sua promessa e aliança com Abraão e sua descendência:

“Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do Senhor a Abraão e disse:
Jurei, por mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho,
Que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas do céu e como a areia da praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos,
Nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedecestes à minha voz.” Gênesis 22.15-18

Por causa da atitude desse homem, de sua obediência a um pedido tão difícil, Deus renovou sua promessa com ele e sua descendência, e por causa da atitude de Abraão todas as famílias da terra são benditas.

Por causa deste homem nós recebemos também tantas bênçãos, por este homem recebemos também lindas promessas. E nós, se obedientes também formos, em meio as provações, alcançaremos o favor do Senhor e poderemos ser benção na vida da nossa família e de outros até.

Por mais difícil que seja teu momento e teus problemas, ouvir a voz de Deus e obedecer é sempre o melhor, ainda que inicialmente pareça fonte de dores, de renúncia e de sacrifícios pesados demais, resultará em aliança, em paz, bênçãos abundantes e crescimento pra nós.

Que em nossas provações sejamos aprovadas!

Até mais amigas.

Siga-me nas redes sociais

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *