Deus é poderoso pra fazer
04/01/2016
O que se quer…
06/01/2016

Quando a estrada parece distante dos sonhos tão sonhados,
A esperança parece querer minguar sem achar seu lugar pontuado.
Talvez suspeitando que a rota traçada tenha sido percorrida erroneamente,
E o tempo visto como perdido torna o estado do ser descontente.

Desesperar-se poderia parecer no contexto o mais natural,
Onde o desistir seria pra ti o mais leve afinal…
Das cargas que resolve não carregar mais pra si,
Das lágrimas que considera vãs e no trajeto inúteis, sim.

O sapato que calçam os pés parece pesados e apertados,
Isso por causa do tempo investido em expectativas frustradas.
A estrada agora parece sem fim ou sem objetivo.
Fica a perguntar-se se teria sido só ilusão o tal dos motivos.

Parece estar em areia movediça quando ao chão fica a olhar?
Quanto mais anda, mais parece estar estagnada a afundar?
Talvez o tropeço tenha sido olhar tanto para o chão
E menos para o alto, que traz o norte pra que os passos não sejam vãos.

Quando os pés se deixam guiar pela Rocha não há desesperar-se,
Nem sequer entra em questão ou recebe atenção o vitimar-se,
Pois a firmeza traz segurança tranquila e serena em meio ao caos.
O caminhar faz-se resoluto e sólido; não mais sendo vistos com olhos maus.

Se nossos olhos estiverem focados no canto errado…
Olhando para o chão, teremos enfim, resultado tão equivocado,
Mas se olharmos pra cima, deixando que Ele nos guie, chegaremos afinal no sonhado lar.
Teremos percorrido a estrada proposta, na leve certeza que por Ele nossos passos nos fizeram chegar.

– Poesia de Denise Angeli

Siga-me nas redes sociais

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

 

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *