Respondendo as grosserias
08/07/2015
Série 3 em 1 – A peça problema
10/07/2015

Ester: Focando na solução

Ester recebeu a noticia de que o povo dela havia sido condenado a morte, com prudência, ela foi ao rei e intercedeu por seu povo, o responsável por aquilo pagou com a própria vida, mas o problema ainda não estava resolvido.

Ester recebeu tudo o que Hamã possuía, todos os seus bens e sua casa. Ela apresentou Mordecai ao rei Assuero e ele recebeu honra e uma posição importante no reino.

Recebeu o cargo que antes possuía a Hamã e em seu dedo foi posto o anel do rei, mas como disse, isso não resolvia o problema.

A morte de Hamã, não anulou o decreto que tinha sido feito, a lei que sentenciava os judeus a morte continuava válida, uma vez que tinha sido selada com o anel do rei e nem o rei tinha poder para revogar.

O que fazer? O inimigo estava morto, mas as más obras dele ainda permaneciam.

Ester clamou ao rei que revogasse a lei, mas ele, com pesar, não pode atender.
Mas deu autoridade a Ester e a Mordecai que achassem alguma alternativa pra minimizar o problema.

“Escrevei, pois, aos judeus, como bem vos parecer, em nome do rei, e selai-o com o anel do rei; porque os decretos feitos em nome do rei e que com o seu anel se selam  não se podem revogar.”  Ester  8.8

Deus nunca desamparou o seu povo, Ester durante todo o tempo foi submissa ao Senhor em obediência e atenta sempre esteve a voz de Deus.

Agora tinha em suas mãos a chance de fazer algo pra ajudar o seu povo, mas o que seria este algo?
Como poderia ajudá-los se o dia da sentença de morte dos judeus estava marcado e não era possível revogar?

Ao invés de se lamentar, ela decidiu por a mente pra trabalhar, buscando uma saída.

Deus mais uma vez capacitou Ester e Mordecai e eles escreveram uma lei onde dizia que no dia que estava marcado para os judeus serem aniquilados, eles teriam o direito de se defenderem.

Esta lei foi escrita em todas as línguas e publicada em todas as províncias que estavam sobre o governo de Assuero. Dando o direito de defesa aos judeus.

Ao receber a notícia, os judeus ficaram muito alegres, eles sabiam que teriam que enfrentar uma batalha intensa, mas ao invés de se atemorizarem, eles se alegraram por que receberam a benção da defesa.

Deus mais uma vez revelou sua providência num momento tão difícil! E eles alegrem se prepararam para o dia do combate.

Ester usou a autoridade que tinha pra melhorar as possibilidades dos judeus ao invés de ficar presa na lei que já existia.

Diante das tempestades da vida, quando parece não há mais solução, Deus nos abre uma porta de escape.
É claro que o povo ainda teria que enfrentar uma grande batalha, mas eles ganharam a benção de poder guerrear.

Assim também hoje, Deus nos capacita e nos ajuda em nossas guerras.

Não se atemorize do que parece não ter mais jeito, não fique focada no que parece ser irrevogável, Deus tem poder de fazer com que coisas ruins tenham um final diferente do que parecer que terá.

Por isso, foque na solução!

Não é fácil guerrear, temos que nos esforçar e nos preparar para as batalhas da vida todo dia, mas tenha fé de que não está sozinha.

Semana que vem tem mais.
Até lá.

Siga-me nas redes sociais

https://www.facebook.com/fortedelicadeza

https://instagram.com/denise.angeli/

https://twitter.com/ForteDelicadeza

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *