Serviço, quem está disposto?
19/03/2018
Estar
02/04/2018

Dois perfis. Qual é você?

Vamos falar sobre dois tipos de pessoas. Analise qual delas é você na maior parte do tempo.

Tem aquele que vive numa boa, não se preocupa muito no trajeto das coisas.
Aparece algo pra resolver, mas isso pode esperar.

Vive no limite do tempo, parece que gosta de adrenalina porque vive atrasado.
Deixa as coisas pra depois, sempre acha que vai dar tempo, acha até que as coisas podem se resolver sozinhas.

“Pra quê pressa? Esse trabalho é pra semana que vem, então faço semana que vem!”

Esse é o procrastinador.

O dicionário tem a seguinte definição para a palavra procrastinar:

verbo & transitivo direto e intransitivo
transferir para outro dia ou deixar para depois; adiar, delongar, postergar, protrair.

E tem o outro sujeito que é o oposto.

Muitas vezes visto como inquieto, agitado demais, ativo, sempre se antecipando.
Consegue perceber possibilidades de problemas e já age pra que não aconteçam ou sejam minimizados.

Ele prefere a manutenção frequente do que deixar o problema aparecer ou crescer.
Não espera que o mandem resolver, vai lá e vê o que pode ser feito.

Esse é o proativo.

O dicionário o define como:

adjetivo
que visa antecipar futuros problemas, necessidades ou mudanças; antecipatório.

O proativo ganha tempo, normalmente está adiantado, tem menos perdas, inclusive financeira.

Por exemplo, se tem uma escada em casa que está rangendo, já procura ver qual o problema, faz o reparo e este lhe custa pouco.

Enquanto que o procrastinador não se importaria com o ranger da escada até que a escada quebrasse podendo causar algum acidente. Gerando maior custo financeiro, além de alguém poder se machucar.
Claro que isso é só um exemplo, mas acho que explica bem os dois perfis.

Ser procrastinador te faz perder dinheiro e tempo, te leva a problemas mais sérios nos relacionamentos porque deixa o problema crescer ao invés de resolver na fase inicial, te faz estar sempre por um fio na vida.

Por um fio de perder o emprego, porque seu trabalho está sempre atrasado, e ao fazer tudo na última hora, acaba não fazendo da melhor forma.

Enquanto que o proativo, costuma entregar o trabalho no prazo, com alta qualidade.

O procrastinador ainda se pergunta porque o novato no trabalho foi promovido e ele continua ano após ano na mesma cadeira?

Quem é você? Quem sou eu?
Procrastinador ou proativo?

Nossos resultados são fruto de muitas coisas e entre elas, nosso perfil de atitudes.

Tem sido procrastinador? Que tal mudar isso?
Pra isso é preciso decisão e disciplina. Mas vale a pena.

Quando começar a ver seu trabalho mais bem feito, sua vida sem aquela correria de fazer tudo atrasado e de qualquer jeito, quando perceber que até o seu bolso está sendo poupado, vai se agradecer por ter mudado de perfil.

Até mais.





Siga-me nas redes sociais

Facebook

Instagram

 

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *