SÉRIE – O que aprendi com a maternidade – Sobre o amor
20/03/2017
Cultura do novo lar
03/04/2017

Abraçando a vida de tentante

No último artigo que escrevi sobre a minha vivência com a endometriose contei pra vocês como foi a fase de deixar o terceiro tratamento e como foi o pós tratamento, como me senti, algumas dúvidas e medos quanto ao ganho de peso e estratégias que utilizei durante este período. Se você não leu é só clicar aqui.

Após comunicar meu médico sobre minha decisão (minha e de meu marido) de termos um bebê, ele nos deu seu parecer diante do meu estado de saúde.

O cenário parecia favorável e meu médico disse que se eu tinha esse desejo, a hora era aquela!

A endometriose ainda era presente no meu organismo, mas não estava em estágio preocupante, por conta da vídeolaparoscopia e dos tratamentos que tinha feito até então.

Se meu desejo era engravidar então o quanto antes iniciasse as tentativas melhor. Meu prazo pra tais tentativas era curto e eu não tinha tempo a perder.

Interrompemos o tratamento e abracei a vida de tentante.

Durante os primeiros meses quase não sentia dores. Parecia que os efeitos dos tratamentos utilizados ao longo do tempo ainda faziam efeito no meu organismo. Efeitos estes que, pareciam adiar a fecundação também.

Motivo que adiava meu primeiro ciclo menstrual e encurtava o prazo estipulado pelo médico para as tentativas.

Ansiedade e dúvidas surgiam e meu médico com a paciência de sempre me orientava em todas elas.

Foi preciso utilizar uma medicação pra induzir o primeiro ciclo que chegou a demorar mais de 2 meses. Eram 2 meses perdidos de um prazo já curto que tinha.

Minha ovulação era monitorada e à risca seguia as orientações de tentativas no prazo. O calendário e eu parecíamos ter nos tornado íntimos amigos ou inimigos… rsrs

Outras dúvidas surgiram durante esse período:

Será que meu corpo será capaz de gerar?
Será que os resquícios de endometriose ainda presentes no meu organismo me impediriam de engravidar?
Precisaria eu de fertilização?

Mesmo diante das dúvidas e incertezas, minha confiança como desde o princípio de tudo estava no Senhor. Ele tem sido e é meu maior abrigo e segurança em tudo o que faço, e sonho.

Meu sonho de ser mãe e de ultrapassar a barreira do pós tratamento estava nas mãos dEle.

Abracei a vida de tentante e me debrucei neste sonho em oração. Éramos o Pai, eu e meu marido na luta pela gestação, ou seja, tínhamos tudo pra conseguir.

Apenar da endometriose tentar nos dizer a todo instante: – NÃO! E a medicina me dar tão poucas chances, Deus estava conosco. Só não teríamos um bebê se Ele não permitisse, se essa não fosse a vontade dEle pra nós. Nosso sonho estava nas mãos do Senhor!

Consciente abracei o sonho de ser mãe e entreguei meu sonho ao Senhor. Como casal fizemos isto juntos.

O processo que se deu durante a espera do tão sonhado POSITIVO foi dura e me pareceu longa, mas nesse processo tomamos decisões como casal que foram fundamentais pra não ficar sofrendo em excesso no processo e isso eu conto no próximo capítulo.

Talvez você esteja diante dessa mesma situação. Diante do sonho da maternidade e ao olhar pra sua saúde não consiga ver grandes possibilidades.

Quero te encorajar a confiar em Deus e a entregar nas mãos dEle seus sonhos. A vontade dEle é sempre perfeita.
Que seu coração esteja firmado nEle pra ficar bem diante de qual seja a resposta que venha.

Nossos sonhos por maiores que sejam não devem ser condições pra confiarmos nEle ou não. Deus nos ama e sabe o porque de cada permissão que nos dá. E até os NÃOS dEle tem sua finalidade.

Confie na vontade soberana do Senhor pra tua vida. Debruce sobre Seus braços de amor mesmo enquanto espera por resposta.

Nos vemos na próxima. Até lá.





Siga-me nas redes sociais

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Denise Angeli
Denise Angeli
Sou cristã, casada e mãe de uma menina. Formada em Gestão de Recursos Humanos e líder do Ministério Adorai. Amante da arte, pratico algumas delas: Escrevo música e poesia, canto, fotógrafa e estudante de flauta transversal. E fui bailarina. Gosto de trabalhar para ajudar as pessoas. Tenho um objetivo que sigo sem descanso: Ser melhor a cada dia. Amo ler a Bíblia e vivo minha fé. Nem sempre falo dela diretamente, mas as coisas que falo e faço tem este fundamento.

2 Comments

  1. Talyta Xavier disse:

    Olá Denise, tudo bem?

    Acabei encontrando seu blog por acaso numa pesquisa e super já Amei rsrs também sou cristã e gostei muito do seu testemunho. Realmente quando entregamos nossos sonhos, metas e objetivos nas mãos de Deus tudo sempre da certo, até porque Deus só quer o nosso melhor, fico feliz em saber que você conseguio engravidar e teve uma menina linda, que Deus te ajude na criação dela.
    Te convido para conhecer o meu blog
    talytaxavier.blogspot.com

    • Denise Angeli disse:

      Oi Talyta. A paz querida.
      Que legal que gostou do blog, ele existe pra edificar vidas e dividir o que Deus tem feito por aqui.
      É verdade, quando confiamos em Deus não há como sermos frustradas em nossos sonhos. Deus é bom e os planos dEle pra nós são perfeitos.
      Sim, tive uma menina e confesso que a demanda por aqui está sendo intensa, esse é o motivo que me fez adiar te responder, a falta de tempo… rsrs, mas apesar de corrido é também maravilhoso viver a maternidade.
      Vou dar uma olhada no seu blog, sim.
      Que o Senhor te abençoe em teus projetos de vida e com seu blog também.
      Fica na paz. Beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *